Fittipaldi não aponta favorito e torce por chuva na F1

Emerson Fittipaldi evitou fazer previsões sobre a decisão do título da temporada 2012 da Fórmula 1, neste sábado. O bicampeão mundial não apontou um favorito entre Sebastian Vettel e Fernando Alonso, mas projetou uma grande corrida neste domingo, principalmente se for confirmada a expectativa de chuva.

FELIPE ROSA MENDES, Agência Estado

24 de novembro de 2012 | 14h41

"Vai ser uma corrida espetacular amanhã (domingo). Se chover, vai ter muita surpresa. Acho que vai ser um grande show. É como se diz, o ''grand finale'' vai ser aqui mais uma vez, para alegria dos fãs brasileiros", comentou o brasileiro, em visita ao paddock de Interlagos, acompanhado do neto Pietro.

Apadrinhado pelo próprio avô, o mais novo piloto da família Fittipaldi circulou com desenvoltura no autódromo, deu diversas entrevistas e não deixou de exaltar Emerson. "Ele é um ídolo, um herói para o Brasil inteiro e vou seguindo os passos dele", comentou Pietro, que sonha em repetir a trajetória do avô na Fórmula 1. "Se Deus quiser", afirmou.

Aos 15 anos, Pietro se tornou o primeiro brasileiro a vencer uma categoria da Nascar, em setembro deste ano, ao faturar o título da Limited Late Models, uma das divisões de acesso da principal All-American Series.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.