Silvia Izquierdo/AP
Silvia Izquierdo/AP

'Fiz o que era possível', diz conformado Vettel após 3º lugar no Brasil

Com vitória, Rosberg garantiu o vicecampeonato de Fórmula 1

ALMIR LEITE, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2015 | 16h30

Atualizada às 18h30

O alemão Sebastian Vettel não conseguiu manter viva sua chance de ser vice-campeão mundial. Com Nico Rosberg fazendo uma corrida perfeita, coube a ele conformar-se com o terceiro lugar. Mesmo assim, o piloto da Ferrari não sai de Interlagos desapontado. "Fiquei satisfeito. A corrida foi rápida, fiz o que era possível", disse.

No início da corrida, Vettel até teve esperança de poder atacar os pilotos da Mercedes, mas logo percebeu que não conseguiria. "Achei no começo que dava para acompanhar, mas, depois da primeira parada, percebi que não haveria essa possibilidade."

Por isso, o alemão definiu a corrida como "chata", pelo menos para ele. "Não foi uma corrida emocionante, eu não tinha ninguém com quem lutar, mas no geral o dia foi bom", ressaltou.

Além do pódio de Vettel, a Ferrari chegou em quarto lugar, com o finlandês Kimi Raikkonen - ambos mantiveram suas posições de largada ao final do GP. Para o alemão, isso foi positivo para a equipe.

Com 236 pontos, Vettel já tem o terceiro lugar na temporada assegurado. Raikkonen, no entanto, ainda tem de brigar pela quarta posição no campeonato na etapa de Adu Dabi, daqui a duas semanas, prova que encerrará o campeonato. Ele está atualmente em quinto na classificação, com 135 pontos, um a menos do que seu compatriota Valtteri Bottas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.