'Foi o que deu para fazer', diz Senna após sétimo lugar

Bruno Senna avaliou como satisfatório seu desempenho no Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, disputado neste domingo, em Budapeste. Numa pista conhecida pela dificuldade para se ultrapassar, o piloto da Williams largou na nona colocação e chegou em sétimo lugar, subindo a 24 pontos na classificação geral do campeonato, em que é 15.º colocado.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 14h07

"Estou muito contente e a equipe também. Foi um fim de semana forte no geral para a gente. O ritmo na corrida esteve bom e pude ganhar uma posição ou outra. Dentro das possibilidades, foi o que deu para fazer", comentou Senna, que repetiu na Hungria o resultado do GP da China, em abril. Posição melhor ele só conseguiu na Malásia, em março, quando ficou em sexto.

A Fórmula 1 entra em recesso e só volta no último final de semana de agosto, com o GP da Bélgica. Senna acredita que as características de alta velocidade do circuito de Spa-Francorchamps são favoráveis à Williams. "Se continuarmos trabalhando na direção certa como estamos fazendo no momento, acho que teremos uma boa chance na Bélgica, analisou.

O brasileiro quer repetir em Spa o bom treino de classificação da Hungria, que lhe deu pela primeira vez na temporada a chance de passar para o Q3. "Largar mais à frente, como aqui em Hungaroring, dá mais tranquilidade para brigar pelos pontos e diminui bastante os riscos de acidente na largada."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da HungriaBruno Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.