Alessandro Bianchi/Reuters
Alessandro Bianchi/Reuters

Fora da Honda em 2019, Dani Pedrosa adia anúncio sobre futuro na MotoGP

Piloto espanhol está há 18 anos com a montadora japonesa

Estadão Conteúdo

14 Junho 2018 | 15h46

O espanhol Dani Pedrosa havia convocado entrevista coletiva nesta quinta-feira em Montmeló, na Espanha, para anunciar seu futuro na MotoGP. No entanto, ele reuniu os jornalistas apenas para informar que precisará de um pouco mais de tempo para tomar sua decisão.

+ Vettel vence de ponta a ponta no Canadá e ultrapassa Hamilton na liderança da F-1

"A verdade é que gostaria de já ter algo definido. Essa era minha intenção e suponho que por isso a expectativa fosse tão alta. Mas as coisas infelizmente ainda não estão muito claras e necessito de mais tempo", afirmou.

Pedrosa correrá sua última temporada pela Honda em 2018. A equipe anunciou oficialmente em junho que o espanhol não terá seu contrato renovado. Será o fim de uma longa relação de 18 anos do piloto com a montadora japonesa.

O espanhol de 32 anos de idade ganhou um total de 31 provas pela Honda e foi três vezes vice-campeão da MotoGP. Entretanto, ele vem tendo a sua carreira atrapalhada por lesões e operações nos últimos tempos e ainda não subiu ao pódio nenhuma vez no campeonato deste ano.

Pedrosa será substituído pelo compatriota Jorge Lorenzo, hoje na Ducati. Enquanto não define seu futuro, Pedrosa começou nesta quinta-feira os preparativos visando a etapa da Catalunha, que acontecerá no domingo.

"Espero que nos próximos dias, até a chegada da corrida, tenha um pouco mais de informações sobre a temporada seguinte", afirmou. Pedrosa também não quis informar quais são as opções. "Neste momento só estou preocupado em tomar uma boa decisão, algo que me entusiasme", disse.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.