Samsul Said/Reuters
Samsul Said/Reuters

Force India amplia acordo 'por longo prazo' para usar motores Mercedes

Escuderia ainda receberá kers, câmbio e sistema hidráulico da fabricante alemã a partir de 2014

AE, Agência Estado

28 de março de 2013 | 10h33

LONDRES - A Force India anunciou nesta quinta-feira a renovação do seu contrato com a Mercedes, que seguirá fornecendo motores para a equipe por "longo prazo". Além dos motores V6 de 1,6 litro que vão substituir os V8 a partir de 2014, a fabricante alemã também vai ceder câmbio, Kers e sistema hidráulico para a Force India.

A Mercedes fornece motores para a Force India desde 2009. Nesse período, a equipe subiu ao pódio de uma etapa da Fórmula 1, no GP da Bélgica de 2009, quando o italiano Giancarlo Fisichella ficou na segunda colocação na prova disputada no circuito de Spa-Francorchamps.

Chefe da Force India, Vijay Mallya classificou o contrato como histórico para o futuro da equipe. "Nosso novo acordo com a Mercedes-Benz para os próximos anos é o mais significativo da história da Force India. Com o novo regulamento técnico que será introduzido no próximo ano, eu não posso pensar em um melhor parceiro para trabalhar quando a Fórmula 1 entrar em uma nova e emocionante era. O acordo nos dá a estabilidade a longo prazo e nos permitirá continuar com a nossa jornada para avançar no grid da Fórmula 1", disse.

Diretor esportivo da Mercedes, Toto Wolff comemorou a ampliação do acordo com a Force India. "É um marco significativo anunciar nosso acordo de longo prazo para fornecimento de motores sobre os regulamentos técnicos de 2014.Force India foi o nosso primeiro cliente verdadeiro na Fórmula 1 em 2009 e estamos muito satisfeitos em expandir o relacionamento de longo prazo com eles a partir de 2014. Este acordo de longo prazo oferece excelente valor em termos de equilíbrio entre preço e desempenho. Esperamos que isso vai significar que Mercedes-Benz e Force India trabalhem juntos no ciclo da nova geração de motores", comentou.

Após a disputa de duas provas, a Force India ocupa a quinta colocação no Mundial de Construtores, com 10 pontos, todos eles somados no GP da Austrália. Adrian Sutil ficou em sétimo lugar e Paul di Resta foi o oitavo colocado na corrida de abertura do campeonato.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1MercedesForce India

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.