Divulgação/Fórmula 1
Divulgação/Fórmula 1

Fórmula 1 e NBA acertam parceria de conteúdo durante o GP dos Estados Unidos

Diversos pilotos participarão de um desafio de lance livre em uma meia quadra de basquete especialmente projetada no paddock do Circuito das Américas, em Austin, no Texas

Redação, Estadão Conteúdo

20 de outubro de 2021 | 15h45

A Fórmula 1 e a NBA, que teve a temporada 2021-2022 iniciada nesta terça-feira, estarão juntas neste final de semana. Antes do GP dos Estados Unidos, que será disputado entre sexta e domingo no Circuito das Américas, em Austin, no Texas, diversos pilotos participarão de um desafio de lance livre em uma meia quadra de basquete especialmente projetada no paddock do autódromo.

O desafio, que está marcado para esta quinta-feira, terá ainda uma série de lendas da NBA envolvidas, cujos nomes ainda não foram divulgados. Na ativação, todos estarão competindo por um prêmio de US$ 20 mil (aproximadamente R$ 111 mil, na cotação atual), que será doado para uma instituição beneficente.

Pelo lado digital, diversos conteúdos serão publicados nos canais de mídia social tanto da NBA como da Fórmula 1 nos próximos dias. Em uma espécie de "crossover esportivo", as imagens dos carros de Fórmula 1 com pinturas personalizadas para todas as 30 franquias da NBA prometem chamar atenção dos apaixonados pelas duas marcas gigantes do esporte mundial.

Além da Fórmula 1, a NBA fechou uma parceria com o Google e com o Google Pixel, novo celular da gigante da tecnologia. Pelo acordo, o Google se torna mecanismo de pesquisa oficial da liga americana de basquete, assim como parceiro oficial de insights de fãs, enquanto o Pixel será o "fan phone" oficial da NBA, da NBA G League a da NBA 2K League, além de parceiro de apresentação dos playoffs da liga.

A parceria, fechada por "vários anos", verá o conteúdo da NBA integrado nas plataformas do Google, incluindo seus aplicativos de busca, comércio eletrônico e "wayfinding". O Google e a NBA trabalharão no desenvolvimento de novas ferramentas digitais de engajamento de fãs, com tecnologias como 3D e realidade aumentada (AR) sendo integradas em ativações conjuntas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.