Pedro Pardo/ AFP
Pedro Pardo/ AFP

Verstappen faz ótima largada, vence GP do México e amplia liderança na Fórmula 1; Hamilton é 2º

Holandês deixa Bottas e Hamilton para trás logo no início, assume o controle da corrida e fica em situação confortável na classificação

Redação, Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2021 | 18h12

Com uma largada sensacional e regularidade durante as 71 voltas, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, venceu, neste domingo o GP da Cidade do México, 18ª etapa do Mundial de Fórmula 1. O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, e o mexicano Sergio Pérez, da Red Bull, completaram o pódio. 

Com o resultado, Verstappen, que tem 19 vitórias na carreira, soma 312,5 pontos, contra 293,5 de Hamilton. A próxima etapa será no próximo domingo, em Interlagos.  

Verstappen largou muito bem e pulou da terceira posição para a liderança. Bottas, o pole, tomou um toque de Ricciardo. Os dois rodaram e caíram para as últimas colocações. Hamilton ficou em segundo, seguido por Pérez. Mick Schumacher e Yuki Tsunoda abandonaram. O safety car entrou na pista por quatro voltas.

Na relargada, Verstappen aumentou o ritmo e foi acumulando voltas mais rápidas. "Ele está muito veloz", admitiu Hamilton pelo rádio. Com 20 voltas, o holandês já tinha mais de seis segundos de vantagem. Ricciardi e Bottas faziam uma voilta de recuperação e estavam em 11º e 12º, respectivamente.   

A partir da volta 30 começaram as paradas nos boxes. O primeiro foi Hamilton e depois Verstappen. Pérez foi para a liderança, causando um entusiasmo impressionante nas arquibancadas do autódromo. "Os pneus estão bem", disse o piloto mexicano na volta 37, com sete segundos à frente de Verstappen e 14 de Hamilton.

Pérez só foi para os boxes na volta 41 e quando voltou para a pista ficou nove segundos atrás de Hamilton e 18 do Verstappen. Bottas parou uma volta depois, mas um problema na roda dianteira esquerda deixou o finlandês mais de 11 segundos parado.

Com os três primeiros de pneus novos, Verstappen foi abrindo frente, enquanto Pérez, aos poucos, foi diminuindo a diferença para Hamilton. A 20 voltas do final, o mexicano estava seis segundos atrás do inglês.

Em uma prova com poucas disputas, a bela ultrapassagem do canadense Lance Stroll sobre o britânico George Russell na volta 57 foi um dos destaques. Mas a principal disputa ocorreu a dez voltas do fim, quando Pérez encostou em Hamilton. O piloto da Red Bull ficou a menos de um segundo da Mercedes, mas não teve sucesso em sua aproximação. Verstappen, tranquilo, cruzou em primeiro pela nona vez na temporada.

Veja a classificação do GP do México:

1º) Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 1hora38min39s086

2º) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes), a 16s555

3º) Sergio Pérez (MEX/Red Bull), a 17s752

4º) Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri), a 1min03s845

5º) Charles Leclerc (MON/Ferrari) , a 1min21s037

6º) Carlos Sainz (ESP/Ferrari) (FIN/Mercedes), a uma volta

7º) Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin), a uma volta

8º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a uma volta

9º) Fernando Alonso (ESP/Alpine), a uma volta

10º) Lando Norris (GBR/McLaren), a uma volta

11º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), a uma volta

12º) Daniel Ricciardo (AUS/McLaren), a uma volta

13º) Esteban Ocon (FRA/Alpine), a uma volta

14º) Lance Stroll (CAN/Aston Martin) , a duas voltas

15º) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) , a duas voltas

16º) George Russell (GBR/Williams) , a duas voltas

17°) Nicholas Latifi (CAN/Williams), a duas voltas

18°) Nikita Mazepin (RUS/Haas), a três voltas

Não completaram a prova:

Mick Schumacher (ALE/Haas)

Yuki Tsunoda (JAP/AlphatTauri)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.