Divulgação|Fórmla E
Divulgação|Fórmla E

Fórmula E anuncia parceria com a Unicef no combate global contra o coronavírus

Categoria de carros elétricos vai investir em programas que incentivam crianças a terem aulas virtuais durante a pandemia

Redação, Estadão Conteúdo

14 de abril de 2020 | 15h48

A Fórmula E anunciou nesta terça-feira uma parceria com a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para apoiar o combate mundial contra o novo coronavírus, protegendo crianças e famílias vulneráveis e com maior risco durante a pandemia da covid-19. A parceria está concentrada em manter as crianças de todo o mundo saudáveis e estudando diante do novo coronavírus, com fundos direcionados a projetos que contribuem para programas de aprendizado remoto e o fornecimento de equipamento de proteção essencial para a equipe hospitalar e profissionais de saúde na linha de frente.

Trabalhando em parceria com a Unicef, a Fórmula E lançará iniciativas para arrecadar fundos para apoiar o combate global ao novo coronavírus. Esses esforços se basearão em uma doação inicial da categoria para o órgão, causando um impacto imediato no trabalho da instituição.

"A Fórmula E está comprometida em apoiar a Unicef em seus esforços para proteger a saúde e o bem-estar das crianças e famílias do mundo. A Fórmula E foi fundada com o objetivo de reduzir as mudanças climáticas globais, acelerando a adoção de veículos elétricos; uma missão que visa proporcionar uma vida mais segura e limpa para as gerações futuras. Hoje, estamos tomando medidas imediatas para proteger as gerações futuras em uma emergência de saúde global", disse Jamie Reigle, CEO da categoria.

A resposta abrangente da Unicef à pandemia do novo coronavírus inclui abordar a saúde primária e o bem-estar de crianças e jovens em todo o mundo e um impacto secundário de oportunidades educacionais, bem como a discriminação e o estigma decorrentes da desinformação generalizada.

O impacto do novo coronavírus em crianças até agora tem sido enorme. No momento, 1,5 bilhão de crianças estão perdendo a educação devido ao fechamento das escolas em todo o mundo. Com grandes impactos na economia global, muitas famílias correm o risco de perder seus meios de subsistência e cair na pobreza. Essa situação é diferente de qualquer outra que o planeta já conheceu.

"Nossa parceria e doação inicial a Unicef é o início de uma jornada a longo prazo para proteger a saúde, a segurança e a educação de crianças vulneráveis em todo o mundo. Em nome do ecossistema de equipes, fabricantes, pilotos, parceiros e todos os demais funcionários da Fórmula E, temos a honra de apoiar a Unicef e incentivar todos a permanecerem seguros e em casa", completou Reigle.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.