Gil, carreira vencedora até o fim

Vencer a última corrida na carreira é algo raro para um piloto. O brasileiro Gil de Ferran conseguiu. Domingo, aos 35 anos, encerrou com chave de ouro sua trajetória de 18 anos nas pistas - sem contar os tempos de kart -, ganhando no Texas Motors Speedway a Chevy 500, prova que concluiu a temporada da Indy Racing League. Só faltou o título, que ficou com o neozelandês Scott Dixon. Ele foi vice-campeão. Leia mais no O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.