Gil de Ferran no auge de sua carreira

Aos 33 anos - fará 34 em 11 de novembro - Gil de Ferran sente-se melhor do que quando tinha 25 e estreava na Fórmula 3000 na Europa. Mas sob um custo: três horas diárias de natação, corrida, pesos e ginástica em uma academia de Miami. Na quarta-feira, o piloto brasileiro da Penske, que está completando 20 anos de automobilismo e poderá ser bicampeão da Indy, chegou em casa na hora do almoço bem disposto e com os músculos em forma. "Na pior das hipóteses, estou igual aos mais novos. Não é pela falta de condicionamento que deixarei de acelerar mais e suportar bem as corridas mais longas."Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

18 de outubro de 2001 | 09h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.