Gil de Ferran: obstinado pela vitória

Em 1991, quando Ayrton Senna conquistou seu terceiro e último título na Fórmula 1, um jovem piloto brasileiro, então com 23 anos, se "virava´´ na Inglaterra enquanto corria na F-3 local e sonhava com o sucesso no automobilismo mundial. Não sabia exatamente em que categoria ? embora, claro, ambicionasse a F-1 ? nem como, já que a grana era curta e o futuro, incerto. Só sabia o que tinha de fazer: pisar no acelerador até o fundo. Dez anos se passaram e, hoje, Gil de Ferran pode comemorar: ele é bicampeão de uma categoria de ponta, a Fórmula Indy.Leia mais no O Estado de S. Paulo

Agencia Estado,

29 de outubro de 2001 | 09h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.