Gil e Helinho já treinam para a IRL

As equipes Marlboro-Penske e Hollywood-Mo Nunn já testam seus carros para a temporada da Indy Racing League (IRL) em 2002. Em dois dias, quarta e quinta-feira, os pilotos brasileiros Hélio Castro Neves, Gil de Ferran e Felipe Giaffone começaram a se adaptar aos pacotes técnicos para o próximo campeonato.As duas equipes utilizarão motores Ilmor. A Penske optou por chassis Dallara e a Mo Nunn utilizará os G-Force. E a IRL também já admite: poderá correr em circuitos mistos e em Daytona a partir de 2003 ou 2004.No treino de quarta-feira, Felipe Giaffone, "rookie do ano" (o melhor estreante) em 2001, foi o mais rápido com o tempo de 27s12, seguido por Gil de Ferran (27s29) e Hélio Castro Neves (27s38).Giaffone está satisfeito com o rendimento do carro. Ele só poderá utilizar a versão 2002 do motor Ilmor a partir de janeiro. Mas já sentiu que no ano que vem terá mais chances com a nova equipe. Este ano, Giaffone correu pela Treadway. "De qualquer forma ainda tenho muito que mexer no carro", disse ele.A notícia de que a IRL poderá correr em circuitos mistos a partir de 2003 deixou preocupados os dirigentes da Cart - que organiza a Indy, já que ela é a única que faz corridas nesse tipo de pista nos Estados Unidos.A IRL deixou claro com isso que pretende atrair mais equipes para a categoria nos próximos anos, competindo com a Cart e atraindo suas principais equipes como já aconteceu com a Penske.Tony George, presidente da IRL, tem até as opções para provas em mistos: Watkins Glen, antigo circuito utilizado pela Fórmula 1, no Estado de Nova York, e Sears Point. Dessa forma, a IRL acompanharia as corridas da Winston Cup (Nascar) em traçados mistos.Outra novidade é a possibilidade da volta dos Indycars ao tradicional circuito de Daytona, na Flórida. Os Indycars correram nessa pista pela última vez em 1959. Entretanto, Tony George disse em Indianápolis que não pretende aumentar muito o número de provas do calendário. Em 2002, a IRL terá seu calendário ampliado para 15 provas, todas em circuitos ovais. Dessas, algumas já tiveram corridas da Indy, como Nazareth, Michigan e Homestead, onde será disputada a primeira prova do ano, em 9 de março.Nos testes de Homestead, esta semana, Eddie Cheever e Robbie Buhl já experimentaram os novos e potentes motores Infiniti, da Nissan. Cheever não conseguiu andar mais rápido do que os Ilmor na quarta-feira. Mesmo assim, Cheever está seguro de que poderá contar com resultados mais expressivos em 2002. A partir de junho, após a corrida de Indianápolis, os motores Toyota também estarão competindo na IRL.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.