Gil é o mais rápido no treino da Indy

O brasileiro de Gil de Ferran, da Penske, foi o mais rápido na segunda sessão de treinos livres para o GP de Mid-Ohio de F-Indy, 12ª etapa da temporada. Ele fez a melhor volta pelo circuito de 3.633 metros em 1min06s151 (média de 197,717 km/h), tempo que acabou se tornando também o melhor do dia, incluindo a primeira sessão, realizada pela manhã.Hélio Castro Neves, o outro brasileiro da Penske, foi o segundo melhor do dia, com 1min06s234, seguido pelo norte-americano Jimmy Vasser, da Patrick Racing, com 1min06s788. O quarto tempo foi de Christian Fittipaldi (Newman-Haas, em 1min06s895) e o quinto mais rápido foi Bruno Junqueira (Chip Ganassi, 1min06s994).Todos os tempos foram obtidos na segunda sessão, quando o emborrachamento do asfalto e a temperatura mais amena do que a registrada de manhã deixaram a pista mais rápida.Outros brasileiros: Tony Kanaan, da Mo Nunn, ficou em sétimo (1min07s098); Cristiano da Matta (Newman-Haas), em nono (1min07s270), e Roberto Moreno, da Patrick, em 12º (1min07s280).A PacWest não participou do treino. A equipe enfrenta problemas com a Toyota, fábrica japonesa que fornece motores para os carros do brasileiro Maurício Gugelmin e do neozelandês Scott Dixon. Em Mid-Ohio, os comentários são de que a PacWest deixou de pagar uma parcela pelo leasing dos propulsores. Mas ninguém da equipe ou da Toyota confirma a informação. E, nenhum dos lados dá uma explicação oficial para a confusão que impediu a equipe que ir à pista nesta sexta-feira.Já Max Wilson, brasileiro da Arcieiro/Blair que não havia participado dos dois últimos GPs porque não tinha equipamento, treinou normalmente e ficou em 22º lugar, com o tempo de 1min08s239. Neste sábado, acontece mais uma sessão livre, pela manhã. À tarde, das 14h45 às 16h, pelo horário brasileiro, será realizada a sessão que define o grid para a prova de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.