Gomes abandona e Maurício é campeão da Stock Car

O piloto Ricardo Maurício conquistou o título da temporada da Stock Car, neste domingo, na última etapa do ano, disputada no circuito de Interlagos, em São Paulo. Líder na classificação geral, Maurício chegou em 15.º, mas garantiu a conquista com o abandono de Marcos Gomes, que também poderia ser campeão.A prova foi marcada por acidentes e pela despedida do experiente Ingo Hoffmann, de 55 anos e maior campeão da categoria, com 12 títulos. O piloto fez boa largada e saiu da sétima posição para a terceira, colocação na qual terminou a prova, garantindo o pódio. Ainda na primeira volta, Norberto Gresse e Felipe Maluhy se envolveram num acidente. O carro de Gresse chegou a pegar fogo, mas nenhum dos dois pilotos saiu ferido. Em seguida, o safety car entrou na pista e o foco da corrida voltou a ser a disputa entre Gomes, que saiu na 32ª posição ocupava o 25.º lugar, e Maurício, na 19ª colocação.Gomes fez uma corrida de recuperação e chegou a estar a apenas três carros de distância do líder da competição. Para ser campeão, Gomes precisava chegar na frente do rival, que tinha somente um ponto de vantagem na classificação geral.O piloto, no entanto, ficou "encaixotado" na oitava volta, em uma batida com Juliano Moro e Nonô Figueiredo. O safety car voltou à pista e, na 12ª volta, Gomes, com problemas nos pneus, foi para os boxes e não retornou para a corrida. O abandono garantiu o título de Maurício.O primeiro lugar da etapa ficou Thiago Camilo, que contou com punição de Cacá Bueno, então líder da prova, por excesso de velocidade nos boxes. Ricardo Sperafico foi o segundo, seguido de Hoffmann, Loco Kaesemodel e Ricardo Zonta.O título da Stock Jr. também foi decidido neste domingo. O piloto Lucas Finger, que venceu a prova, foi o campeão da temporada. Finger largou na pole e se revezou na ponta com Sérgio Ramalho. Somente a duas voltas do fim da corrida, o campeão assumiu a primeira posição para vencer a prova. Patrick Gonçalves, também candidato ao título, chegou apenas na oitava posição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.