Lionel Cironneau/AP
Lionel Cironneau/AP

Governo não mudará nome de autódromo que homenageia Senna

Administração de GO desiste e recua de mudança que beneficiaria aliado de Marconi Perillo (PSDB), governador reeleito do estado

Estadão Conteúdo

25 Fevereiro 2015 | 20h36

O governo do estado de Goiás recuou da decisão de mudar o nome do Autódromo Internacional de Goiânia, que atualmente faz homenagem a Ayrton Senna. O objetivo do governador Marconi Perillo (PSDB) era rebatizar o circuito com o nome de Ary Ribeiro Valadão, seu aliado político. A mudança nos planos do governo foi comunicada pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), órgão ligado do governo estadual, nesta quarta-feira.

"Comunicamos que, tendo em vista a Lei Nº 13.468, de 27/julho/1999, publicada no Diário Oficial de 05/08/1999, que dispõe sobre a denominação de logradouros, obras, serviços e monumentos públicos, não existe oficialmente a possibilidade de conceder, ao ex-governador Ary Valadão, o nome do Autódromo de Goiânia", registrou o órgão, em nota.

A Agetop explicou que a legislação veta batizar instalações públicos com o nome de pessoas ainda vivas. "Conforme decretado, é proibido atribuir nome de pessoa viva, a prédios públicos da administração pública direta ou indireta. No caso de concessão da homenagem de que trata esta Lei, conforme Parágrafo único, é obrigatória a juntada de competente atestado de óbito."


Os planos da gestão estadual era homenagear Ary Ribeiro Valadão, governador biônico de Goiás escolhido pelo general Ernesto Geisel, entre as décadas de 70 e 80. Ary Valadão, de 93 anos, foi prefeito de Anicuns (Goiás), deputado estadual e deputado federal antes de ser escolhido por Geisel para ser governador por Goiás. Depois, ainda foi deputado federal pelo Tocantins. Com passagens pela UDN, pela Arena e pelo PP, ele apoiou Perillo nas suas quatro candidaturas deste ao governo do Estado.

O Autódromo Internacional de Goiânia foi inaugurado em 1974 e passou por reformas entre 2013 e 2014. Atualmente, o circuito homenageia Ayrton Senna. Desde sua modernização, o local recebeu etapas da Stock Car e da Fórmula Truck e também a largada da tradicional Rally dos Sertões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.