GP Brasil: McLaren trocou o motor

Charles Whiting, o inspetor de segurança da Federação Internacional de Automobilismo e responsável pela implantação no novo regulamento, autorizou a McLaren trocar o motor do carro de Kimi Raikkonen, o vencedor do GP do Brasil de Fórmula 1, entre a sessão de classificação, no sábado, e a corrida, no domingo. A McLaren alegou que havia uma vazamento de água no motor Mercedes, fez a solicitação por escrito a Whiting e foi atendida.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.