Divulgação/Pirelli
Divulgação/Pirelli

GP da Emília-Romanha vai dar obra de arte como troféu para quem subir ao pódio

Próxima etapa da Fórmula 1 terá aos três primeiros colocados premiação especial feita por artista italiana

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2021 | 14h37

O GP da Emília-Romanha de Fórmula 1 vai premiar os três primeiros colocados com uma obra de arte. Após a corrida do próximo domingo, em Ímola, na Itália, os pilotos vão receber um troféu que tem o formato de um raio e que foi concebido por um projeto especial da patrocinadora da prova, a Pirelli, juntamente com uma fundação sem fins lucrativos dedicada à produção e promoção da arte contemporânea.

Os prêmios foram feitos pela artista italiana Alice Ronchi. O material utilizado é o alumínio, que foi polido para ficar espelhado. O processo criativo inclui a modelagem digital da forma, impressão 3D e fundição em cera. Segundo a artista, o troféu foi inspirado na beleza de um carro de corrida dos anos 1950 e na paisagem do autódromo de Ímola. 

"Eu vi o relâmpago como um símbolo de poder, velocidade, tensão e força. E isso remonta aos principais ícones que inspiram este trabalho: Zeus, os deuses e a Grécia antiga", disse. "Por meio de uma interpretação de aspectos que resumem as forças motrizes de cada grande prêmio, bem como o uso do relâmpago e a referência ao mito de Zeus, quis transmitir uma história contada no modo mais expressivo possível", completou.

A prova será a segunda da temporada 2021. A primeira foi no Bahrein, no fim de março, quando o heptacampeão Lewis Hamilton conquistou a vitória. O autódromo de Ímola voltou a receber a Fórmula 1 apenas no ano passado, após ficar por quase 15 anos afastado da categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.