José Sena Goulão/EFE
José Sena Goulão/EFE

GP da Tailândia na MotoGP é cancelado após aumento de casos por covid-19

Etapa estava programada para ser realizada na cidade de Buriram, no Circuito Internacional de Chang, de 15 a 17 de outubro

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2021 | 09h12

O Grande Prêmio da Tailândia, da MotoGP, foi cancelado pelas autoridades máximas do motociclismo, em anúncio oficial publicado nesta quarta-feira, por causa do aumento do contágio da covid-19 registrado no país.

O número médio diário de mortes relacionadas ao coronavírus, segundo dados do governo, atingiu o recorde de mais de 100 vítimas no último fim de semana e a disseminação do vírus é evidenciada também pelo número de infecções, que está no pico desde o início da pandemia, ultrapassando 10 mil casos, outro recorde no país asiático.

A corrida da MotoGP, que sediaria a 16ª etapa do torneio mundial, estava programada para ser realizada na cidade de Buriram, no Circuito Internacional de Chang, de 15 a 17 de outubro.

"Apesar dos melhores esforços de todas as partes envolvidas, a pandemia da covid-19 em andamento e as restrições obrigaram o cancelamento do evento", disse em nota a Federação Internacional de Motociclismo (FIM). "Esperamos regressar à corrida perante a incrivelmente apaixonada multidão do Buriram em 2022."

O Grande Prêmio da Tailândia é a terceira corrida asiática a ser cancelada devido ao alastramento do vírus no continente, que enfrenta uma forte terceira onda. Segundo o comunicado oficial, um evento de substituição está sendo considerado para sediar a etapa cancelada.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGP [motovelocidade]coronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.