HANS KLAUS TECHT/EFE
HANS KLAUS TECHT/EFE

Grande Prêmio da Áustria pode abrir a temporada da Fórmula 1 em 5 de julho

Duas corridas já foram canceladas e sete adiadas oficialmente; GP da França deve entrar na lista em breve

Redação, Estadão Conteúdo

15 de abril de 2020 | 19h06

O Grande Prêmio da Áustria, previsto para 5 de julho, deve abrir a temporada 2020 da Fórmula 1, mas sem público. O anúncio foi feito, nesta quarta-feira, pelo ministro do esporte austríaco, Werner Kogler.

"Não vamos ser um empecilho. Essa é uma situação totalmente diferente de um jogo em uma arena. Muitas pessoas seriam afetadas. As regras de distanciamento estariam em vigor do mesmo jeito, logicamente. Mas isso parece ser possível, afirmou Kogler.

Marcado para 28 de junho, o GP da França deve ser cancelado ou adiado, pois o presidente Emmanuel Macron estendeu as regras de isolamento social no país até o fim de junho.

A Áustria é um dos países da Europa com maior rigidez nas medidas restritivas. Todas as pessoas que desembarcam no país precisam ficar em isolamento ou fornecer garantias de não estarem infectadas pelo coronavírus.

A Fórmula 1 já cancelou as corridas na Austrália e em Mônaco, além de adiar as etapas do Barein, Vietnã, China, Holanda, Espanha, Azerbaijão e Canadá. A ideia dos organizadores da principal categoria do automobilismo é realizar pelo menos 15 dos 18 Grandes Prêmios previstos.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1coronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.