Grid de largada na Áustria desaponta pilotos da Ferrari

Alonso largará em 4.º lugar, enquanto Raikkonen sairá em 8.º

AE, Agência Estado

21 de junho de 2014 | 17h32

Os pilotos da Ferrari não saíram nada satisfeitos com as posições conquistadas no treino classificatório deste sábado para o GP da Áustria, no circuito de Spielberg. O espanhol Fernando Alonso largará em quarto lugar, enquanto que o seu companheiro, o finlandês Kimi Raikkonen, sairá em oitavo.

A posição de largada conquistada por Alonso foi a melhor da Ferrari nos oito treinos de classificação desta temporada. Mas o piloto espanhol disse ter "sentimentos mistos" em relação ao resultado. "Por um lado, o quarta posição foi nosso melhor resultado até aqui, mas a verdade é que essa qualificatória foi muito incomum e a ordem final não reflete o verdadeiro potencial dos carros", disse, em referência ao erro que tirou o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, da briga pelos melhores tempos.

Alonso admite que não fez uma "volta perfeita" por conta de um erro na curva 3. "Mas o quarto lugar conquistado diminui a decepção e nos deixa orgulhosos da evolução até aqui. As melhoras que temos feito desde o Canadá parecem estar dando certo", afirmou. O espanhol, ressalta, no entanto, que defender será tão importante quanto atacar na Áustria "porque há carros mais rápidos atrás de mim que devem tornar a corrida muito difícil".

Raikkonen, por outro lado, se mostrou completamente decepcionado com o oitavo lugar que conquistou. "Mesmo com o oitavo lugar não sendo um desastre, estou desapontado porque nós poderíamos ter ido melhor hoje, mas eu nunca consegui ser consistente em todos os setores", reconhece. "Mas estou tendo um bom ritmo de corrida, e mesmo com a dificuldade que tenho encontrado em manter os pneus na temperatura ideal, tentarei o meu melhor amanhã", afirmou o campeão mundial de 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.