Gripe não tira ânimo de Hakkinen

Mika Hakkinen, da McLaren, quase não conseguia falar, nesta sexta-feira, por causa de uma forte gripe. O campeão do mundo de 1998 e 1999 recordou que, no último campeonato, quando chegou para disputar o GP da Áustria, a diferença dele para Michael Schumacher era também "enorme como agora." Na realidade, o alemão da Ferrari tinha 56 e ele 38. Estava, portanto, 18 atrás de Schummy, o que é bem diferente dos 32 de hoje (36 a 4). Mas o piloto finlandês tem razão quando disse que foi em Spielberg que iniciou sua trajetória rumo à luta do título. Além do próprio GP da Áustria, ele venceu outras duas corridas e foi segundo nas quatro etapas seguintes. Por pouco, no Japão, não conquista o tricampeonato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.