Grosjean garante o título da GP2 Ásia. Brasileiros vão mal

Francês é o primeiro campeão da categoria; Bruno Senna, Diego Nunes e Alberto Valério não pontuam

Efe

06 de abril de 2008 | 15h18

O francês Romain Grosjean, da ART, se tornou neste domingo o primeiro campeão da história da Fórmula GP2 Ásia mesmo tendo abandonado a segunda bateria da rodada dupla no circuito de Sakhir, no Barein, em uma corrida de péssimos resultados para os três pilotos brasileiros da categoria. O japonês Kamui Kobayashi, da DAMS, foi o vencedor da prova, seguido do suíço Sébastien Buemi, da Arden, e do russo Vitaly Petrov, da Campos. O paulista Bruno Senna, da iSport, iria largar na quinta posição depois de ter conquistado a quarta colocação na prova de sábado - os oito primeiros colocados da primeira corrida largam em posições invertidas na segunda bateria - entretanto, sequer alinhou por causa de problemas elétricos em seu carro.   O também paulista Diego Nunes, da DPR, tinha tudo para fazer uma grande corrida hoje, já que sairia da segunda posição após o sétimo lugar obtido no sábado. Porém, logo na primeira curva, Diego tocou o carro do pole position da corrida, o indiano Karun Chandhok, da iSport, o que provocou o abandono dos dois pilotos.   O mineiro Alberto Valério, da Durango, foi o único brasileiro a terminar a prova, cruzando a linha de chegada na 17ª colocação.   Grosjean assumiu a liderança da corrida logo na primeira volta, apesar de ter largado na oitava posição.   O francês se manteve na ponta até a 13ª volta, quando começou a ter problemas nos freios, situação que o obrigou a abandonar a prova no 17º giro.   Mesmo com o abandono, Grosjean tem 48 pontos no campeonato, 20 a mais do que o segundo colocado, Vitaly Petrov, e não pode mais ser alcançado.   Bruno Senna está no quinto lugar na tabela, com 23 pontos, e ainda pode lutar pelo vice-campeonato. Diego Nunes e Alberto Valério estão empatados na 17ª posição com apenas dois pontos cada.   A GP2 Ásia chega ao final de sua primeira edição no próximo fim de semana com a rodada dupla de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
GP2 ÁsiaBruno Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.