Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Grosjean revela surpresa com 3º lugar no GP da Índia

Piloto francês que largou na 17ª posição do grid fez uma prova excelente

AE, Agência Estado

27 de outubro de 2013 | 12h25

NOVA DÉLHI - O francês Romain Grosjean foi sincero e admitiu que não tinha qualquer esperanças de ir ao pódio no GP da Índia. Após largar apenas do 17º lugar, o piloto da Lotus fez uma excelente prova de recuperação e terminou a corrida em uma surpreendente terceira posição. Assim, admitiu que não apostaria "um amendoim" nesse resultado. "Largando em 17º, não tinha grandes esperança. A melhor estratégia no computador me dava um quarto lugar. Eu não apostaria um amendoim na terceira posição. O carro voltou ao ponto em que estava na sexta-feira", celebrou o francês, que foi ao pódio pela terceira prova consecutiva. Grosjean destacou que o terceiro lugar só foi conquistado por causa da ousada estratégia adotada pela Lotus, com apenas um pit stop no GP da Índia.

"O ritmo de corrida estava ótimo, e fizemos uma estratégia corajosa, como ontem. Não era o momento de segurar. Deu certo e estamos de volta ao pódio", disse. O terceiro lugar foi assegurado por Grosjean em uma ultrapassagem sobre Kimi Raikkonen, seu companheiro de equipe, o que gerou uma discussão entre o finlandês e um diretor da Lotus. O francês minimizou o incidente e o tempo perdido na disputa, o que permitiu a aproximação do brasileiro Felipe Massa, quarto colocado no GP da India. "Kimi estava em uma situação difícil, eu fui por fora e ele não meu viu. Eu sabia que precisava ser cuidadoso como o meu motor e que Massa tinha pneus mais novos atrás. Perdi um pouco de tempo, mas não importa. O bom é que estamos no pódio, marcamos bons pontos e temos carro para a próxima prova", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.