Grupo árabe-americano adquire 35% da equipe Lotus

A Lotus anunciou nesta terça-feira a venda de 35% de suas ações ao Infinity Racing Partners Limited, grupo que conta com investidores dos Estados Unidos e de Abu Dabi. As ações foram negociadas pelo grupo Genii Capital, que detinha 100% da equipe da Fórmula 1 sediada em Enstone, na Inglaterra.

AE, Agência Estado

18 de junho de 2013 | 16h12

Apesar da venda, o grupo segue no controle da equipe, liderada pelo presidente Gerard Lopez. Pelo acerto, o CEO da Genii Capital, Eric Lux, mantém seu assento no Conselho de diretores.

"Os resultados da Lotus continuaram a crescer neste ano. Esperamos pelo investidor certo, que ajudará a nos impulsionar na briga pelo título do Mundial de Construtores", afirmou Lux.

"Na Infinity Racing, encontramos um parceiro com as conexões certas, a expertise tecnológica e o alcance global no maiores mercados com o apoio necessário para atingir seus objetivos. Estamos ansiosos para trabalhar com eles", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Lotus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.