Luis França/ Vicar
Luis França/ Vicar

Guilherme Salas e Allam Khodair vencem em Goiânia e embolam disputa pelo título

Liderança da categoria segue com o paulista Thiago Camilo, que enfrentou problemas com seu carro

Redação, Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2020 | 14h02

Guilherme Salas e Allam Khodair venceram as corridas 1 e 2 da etapa de Goiânia, a 11ª e penúltima da temporada 2020 da Stock Car, neste domingo, e deixaram a disputa pelo título ainda mais embolada. Thiago Camilo segue na liderança do campeonato, mas outros nove pilotos têm chances de levar a taça.

Na primeira corrida no Autódromo Internacional Ayrton Senna, Allam Khodair, que não largava da pole position desde a etapa de Tarumã de 2015, saiu na frente, mas logo foi superado por Guilherme Salas.

O jovem piloto da KTF Sports não saiu mais da ponta e cruzou a linha de chegada em primeiro para conquistar sua primeira vitória na categoria. A fim de recuperar as posições perdidas, Khodair tocou em Bruno Baptista, os dois saíram da pista e ele abandonou a disputa.

A segunda posição ficou com Diego Nunes e Denis Navarro completou o pódio em terceiro. O atual tricampeão da Stock Car, Daniel Serra, terminou na nona colocação. O líder do campeonato, Thiago Camilo, enfrentou problemas em seu carro e não cruzou a linha de chegada.

Na segunda prova da rodada dupla deste domingo, com o grid do top 10 invertido, Rubens Barrichello, que largou na ponta por ter fechado a primeira corrida em décimo, liderou boa parte da disputa, mas a poucos metros da linha de chegada enfrentou uma pane seca em seu carro e foi superado por Allam Khodair. Um erro de cálculo de combustível gerou o problema e custou o triunfo a Rubinho.

O piloto da Blau Motorsport se reabilitou do erro na prova anterior, fez uma bela corrida de recuperação e passou Rubinho na última curva para ganhar a segunda corrida em Goiânia. A vitória foi a nona de Khodair na Stock Car e encerrou um jejum de triunfos que vinha desde a etapa de Tarumã de 2015. Nelsinho Piquet também ultrapassou o ex-piloto da Fórmula 1 e fechou em segundo. Frustrado, Barrichello terminou em terceiro.

Com os resultados deste domingo, Thiago Camilo lidera a Stock Car com 238 pontos. Ele é seguido por Daniel Serra, com 236 pontos, e Ricardo Maurício, com 231. Ricardo Zonta é o quarto, com 224, mesma pontuação de Gabriel Casagrande, o quinto. Rubens Barrichello aparece no sexto posto, com um ponto a menos. Os seis são os mais cotados para brigar pelo troféu.

A última etapa da Stock Car, a Grande Final, será disputada em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, no dia 13 de dezembro, com pontos dobrados para os pilotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.