Mark Baker/AP - 26/03/2010
Mark Baker/AP - 26/03/2010

Hamilton admite dificuldade, mas acredita no título

'Aprendi que o Campeonato Mundial não está ganho até o último suspiro. Então, não desisti', disse o inglês

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2010 | 13h03

O inglês Lewis Hamilton não vive boa fase na temporada. Há três etapas, ele liderava o Mundial de Fórmula 1. No entanto, após não completar duas provas e conseguir um quinto lugar em Suzuka, no último domingo, o piloto da McLaren caiu para a quarta colocação. Mas, faltando apenas três corridas para o fim do campeonato, ele ainda confia no título.

"Aprendi em mais de uma ocasião que o Campeonato Mundial não está ganho até o último suspiro. Então, definitivamente não desisti. Quero vencer de novo e vou para a Coreia do Sul (próxima etapa, no dia 24 de outubro) acreditando que podemos fazer isso. E, quem sabe, se isso acontecer e os outros concorrentes ao título falharem ao pontuar, estarei de volta à briga", disse Hamilton.

Para seguir acreditando na conquista, Hamilton, que está 28 pontos atrás do líder do campeonato, o australiano Mark Webber (Red Bull), relembra a temporada de 2007 da Fórmula 1. Naquele ano, ele estava 17 pontos à frente do finlandês Kimi Raikkonen quando faltavam apenas duas etapas para o fim da disputa e acabou cedendo o título ao rival, na época na Ferrari.

"Em uma situação assim eu sempre olho para trás, para a temporada de 2007, e o que aconteceu naquelas duas ou três corridas finais. Kimi estava 17 pontos atrás faltando duas corridas e ainda sim conseguiu conquistar o título", declarou Hamilton, um dos cinco candidatos ao título, ao lado de Webber, do alemão Sebastian Vettel, do espanhol Fernando Alonso e do inglês Jenson Button.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1McLarenLewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.