Hamilton afirma que Vettel está em 'outro mundo'

A Mercedes foi quem mais ameaçou Sebastian Vettel neste sábado no treino de classificação para o GP da Índia, mesmo que o alemão tenha faturado a pole position com uma vantagem de 0s7 para o alemão Nico Rosberg, segundo colocado no grid de largada. Diante de tal cenário, o inglês Lewis Hamilton, o terceiro mais rápido do dia, voltou a repetir que Vettel e a Red Bull são imbatíveis.

AE, Agência Estado

26 de outubro de 2013 | 15h25

"Eu estou sofrendo com alguma coisa diferente no carro neste fim de semana, algo que Nico já teve antes. Mas estou satisfeito com o resultado e com o tempo de volta que consegui. Vamos tentar pressionar os caras o máximo possível, mas eles estão em outro mundo e nós só podemos tentar ser o melhor do resto", disse Hamilton.

Segundo colocado no treino de classificação, Rosberg disse que foi ao limite na atividade e reconheceu que só conseguiu um lugar na primeira fila por causa da estratégia diferente do australiano Mark Webber, da Red Bull, que treinou com pneus médios na fase final da sessão classificatória.

"Estou totalmente com a faca entre os dentes, acelerando até o limite e tentando extrair cada centésimo do carro. Classificar em segundo é melhor do que eu esperava por causa da estratégia de Mark. Mas a corrida vai ser dura", afirmou.

Mesmo assim, Rosberg defendeu a estratégia da Mercedes de usar os pneus moles. "É claro que a gente leva isso em consideração, mas decidimos que o macio era a melhor opção. Não é uma aposta, mas a melhor coisa a se fazer", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.