Michael Kooren/Reuters
Michael Kooren/Reuters

Hamilton alerta para concorrência em Spa: 'A Ferrari parece ótima'

Piloto admite preocupação para o GP da Bélgica de Fórmula 1

Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2015 | 13h25

Lewis Hamilton é líder isolado da temporada 2015 da Fórmula 1 com 202 pontos, 21 à frente do segundo colocado Nico Rosberg, e venceu cinco das dez provas do calendário até o momento. A sexta colocação na última etapa, em Hungaroring, no entanto, ligou o sinal de alerta para o piloto da Mercedes, que admitiu a preocupação para o GP da Bélgica, neste domingo, em Spa-Francorchamps.

"Naturalmente estamos aqui para vencer e focados em continuar lá em cima, mas estamos conscientes. Sabemos que outras equipes estão se esforçando muito e a Ferrari parece ótima. Não chegamos a nenhuma corrida pensando que somos superiores a ninguém. Sabemos que temos uma grande luta nas mãos e, então, vamos trabalhar para ter certeza que trabalharemos mais duro que eles", declarou o piloto inglês.

Apesar da sexta posição na Hungria, Hamilton abriu vantagem na liderança, uma vez que seu companheiro Rosberg foi apenas o oitavo. O inglês, no entanto, não viu o resultado como um sinal de que este será mesmo o ano de seu tricampeonato - venceu a Fórmula 1 em 2008 e 2014.

"Definitivamente não penso assim. Eu acho que o esforço da equipe é o que conta, ver o quão duro a equipe trabalha, ver o progresso que fazemos... Eu acho que isso me encoraja a acreditar que este será nosso ano. Você sabe que precisa apenas manter a cabeça baixa e que não poderá vencer todas", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.