Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Hamilton brilha nos treinos livres da noite de Cingapura

Líder do Mundial registra o melhor tempo do dia e se torna o grande favorito para ficar com a pole position

Peter Rutherford, Reuters

26 de setembro de 2008 | 13h42

O líder do campeonato da Fórmula 1, Lewis Hamilton, da McLaren, fez a volta mais rápida no primeiro dia de treinos livres para a corrida noturna de Cingapura, nesta sexta-feira. Veja também:Alonso surpreende e lidera segundo treino em CingapuraHamilton: 'Uma volta em Cingapura equivale a duas em Mônaco'Os pilotos tiveram a chance de experimentar altas velocidades no circuito de rua pela primeira vez e Hamilton desbancou os pilotos da Ferrari, Felipe Massa e Kimi Raikkonen, para conseguir o melhor tempo na primeira sessão de treinos. O bicampeão mundial Fernando Alonso, da Renault, deu mostras de que continua com a mesmo velocidade de quando conquistou seus dois títulos ao levar a Renault ao primeiro lugar no segundo treino livre, pouco à frente de Hamilton e Massa. As tempestades que atingiram Cingapura no começo do dia aumentaram o temor de uma combinação perigosa de chuva, holofotes e uma pista que nunca tinha sido testada. No entanto, o céu estava claro quando o italiano Giancarlo Fisichella tirou seu carro da Force India dos boxes para começar o treino na primeira corrida urbana da Ásia. Apesar da falta de chuva, Hamilton fez uma volta de 1min45s518 na pista de 2.067 quilômetros, que passa pela marina e pelo centro comercial de Cingapura, cujos arranha-céus estavam rodeados por 1.600 projetores de luz. "Os treinos foram muito bons, e para a gente foi uma experiência simplesmente fantástica estar aqui nesse circuito", disse o chefe da McLaren, Ron Dennis. Felipe Massa, que está um ponto atrás de Hamilton no campeonato, foi 0s080 segundos mais lento do que o rival, ficando com a segunda posição do dia. Como o circuito não é conhecido, os erros e azares foram inevitáveis. Rubens Barrichello, da Honda, esteve entre os acidentados. O australiano Mark Webber foi o primeiro a sair do percurso. Seu Red Bull se chocou contra as barreiras na curva 18, que é bastante fechada. Webber saiu ileso e pareceu indiferente quando seu carro foi retirado da pista. Nelsinho Piquet, parceiro de Alonso na Renault, foi o 9.° na primeira sessão e ficou em 12.° na seguinte. CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO DIA:1.° - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min45s5182.° - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min45s598 3.° - Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1min45s654 4.° - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - 1min45s797 5.° - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min45s961 6.° - Nico Rosberg (ALE/Williams) - 1min46s164 7.° - Robert Kubica (POL/BMW) - 1min46s384 8.° - Jenson Button (ING/Honda) - 1min46s901 9.° - Nick Heidfeld (ALE/BMW) - 1min46s964 10.° - Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - 1min47s013 11.° - Timo Glock (ALE/Toyota) - 1min47s046 12.° - Mark Webber (AUS/Red Bull) - 1min47s137 13.° - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - 1min47s145 14.° - Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) - 1min47s300 15.° - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) - 1min47s487 16.° - David Coulthard (ESC/Red Bull) - 1min47s640 17.° - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - 1min47s965 18.° - Rubens Barrichello (BRA/Honda) - 1min48s00919.° - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 1min48s059 20.° - Adrian Sutil (ALE/Force India) - 1min48s311

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.