Hamilton coloca a McLaren na frente nos treinos na Hungria

O campeão mundial Lewis Hamilton liderou um dia de domínio da McLaren para o Grande Prêmio da Hungria nesta sexta-feira enquanto o jovem espanhol Jaime Alguersuari teve uma boa estreia na Fórmula 1 com seu Toro Rosso.

ALAN BALDWIN, REUTERS

24 de julho de 2009 | 14h50

Hamilton foi o mais rápido com uma volta de um minuto 22,079 segundos, à frente do vencedor da prova do ano passado e seu colega de equipe, Heikki Kovalainen, com 1:22,278.

Com céu aberto e temperatura ao redor dos 26 graus Celsius, o novo desenho aerodinâmico da McLaren pareceu imediatamente competitivo.

A equipe inglesa ainda não subiu ao pódio nesta temporada, e a última vitória foi em outubro de 2008, mas isto pode mudar este fim de semana com Hamilton, que foi o terceiro mais rápido esta manhã.

"Aperfeiçoamos as melhorias que tivemos em Nuerburgring e elas parecem estar funcionando, mas ainda temos muito trabalho a ser feito para bater a Red Bull particularmente", disse Hamilton.

"De qualquer forma, é animador poder acelerar o carro. Estou feliz com isso mais do que estive em toda a temporada."

Todos os olhos estavam voltados para o espanhol Alguersuari, de 19 ano, que será o piloto mais jovem a estrear na Fórmula 1 no domingo.

Ele foi o mais lento nas duas sessões de testes, com tempos de 1:24,228 e 1:23,942, mas não por muito.

"Sei qual é o meu objetivo", disse o jovem a repórteres. "Sei que hoje não cometi nenhum erro e espero que amanhã não faça e até na corrida".

O atual líder da temporada, Jenson Button, da Brawn GP, ficou apenas na 13a colocação, enquanto Rubens Barrichello foi o sétimo.

Felipe Massa, da Ferrari, terminou o dia em 18o lugar com sua Ferrari.

Tudo o que sabemos sobre:
FIHUNGRIATREINOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.