Ryan Remiorz/AP
Ryan Remiorz/AP

Hamilton comemora a vitória tranquila: 'Sempre sob controle'

Inglês da Mercedes garante que não foi ameaçado no Canadá

Estadão Conteúdo

07 de junho de 2015 | 19h13

Lewis Hamilton venceu o GP do Canadá de ponta a ponta neste domingo e interrompeu a série de vitórias de seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg. Depois de subir no degrau mais alto do pódio em três de quatro etapas, o inglês teve a sequência interrompida pelo alemão, que venceu as últimas duas, inclusive a polêmica em Mônaco.

"Eu precisava disso? Acho que sim", comentou o líder do campeonato no início da entrevista. Hamilton venceu a prova com tranquilidade sem sofrer ameaças. "Não senti que tinha o equilíbrio mais confortável do carro, geralmente saía de frente. Mas não me senti muito sob pressão. Nico estava rápido, mas a corrida sempre esteve sob controle. Tinha um pouco mais de tempo no meu bolso para tirar quando eu precisava. Então nunca foi nada tão sério", comentou.

A vitória ampliou a vantagem de Hamilton sobre Rosberg na liderança do Mundial. Agora o inglês soma 151 pontos contra 134 de seu companheiro de equipe. "Toda vez que viemos para cá temos um apoio incrível dos fãs. Obrigado, tiro meu chapéu para vocês", elogiou Hamilton, que conquistou a quarta vitória no GP do Canadá.

Rosberg não teve chances de atrapalhar a corrida de Hamilton. Nas voltas finais, chegou a tirar um pouco a diferença, mas não houve tempo para ultrapassá-lo. "Eu tentei pressionar feito louco, tentei pressionar, mas ele não cometeu nenhum erro", comentou o alemão. "Foi uma boa corrida. Infelizmente, não consegui alcançar a vitória. A segunda colocação continua OK", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.