Darko Vojinovic/AP
Darko Vojinovic/AP

Hamilton confirma domínio e fatura pole do GP da Hungria

Inglês pode superar Schumacher como maior vencedor da prova

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2015 | 10h41

Maior vencedor do GP da Hungria ao lado do alemão Michael Schumacher, ambos com quatro vitórias, o inglês Lewis Hamilton deu mais um passo neste sábado para se isolar nesta seleta lista. Soberano até agora nas atividades da décima etapa da temporada 2015 da Fórmula 1, o inglês da Mercedes dominou o treino de classificação no Hungaroring, em Budapeste, e faturou a pole position para a prova deste domingo.

Hamilton vem tendo desempenho impecável neste fim de semana do GP da Hungria, tanto que liderou os três treinos livres. Agora, na sessão de classificação, ele liderou as três fases da atividade e assegurou a pole position com margem considerável para os demais concorrentes ao marcar o tempo de 1min22s020 no Q3.

O resultado só confirma o impressionante desempenho de Hamilton nos treinos de classificações da Fórmula 1 em 2015. Afinal, agora ele soma nove pole positions em dez provas, além de um total de 47 na sua carreira. E neste domingo o atual campeão mundial terá uma boa chance de ampliar a sua vantagem na liderança do campeonato - tem 17 pontos a mais do que o segundo colocado, o alemão Nico Rosberg, o seu companheiro de equipe na Mercedes.

Rosberg, aliás, é quem vai formar a primeira fila do grid de largada do GP da Hungria com Hamilton ao ser o segundo mais rápido com o tempo de 1min22s595, sendo mais de 0s5 mais lento do que o seu principal adversário na luta pelo título da Fórmula 1.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi quem mais se aproximou dos pilotos da Mercedes e vai largar da terceira posição no GP da Hungria após registrar a marca de 1min22s739 na sua melhor volta no Q3. O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, vem logo atrás, em quarto lugar, com 1min22s774, sendo o último piloto a fazer uma volta em menos de 1min23 na fase decisiva do treino classificatório.

A terceira fila do grid do GP da Hungria será formada por dois pilotos finlandeses. Kimi Raikkonen, da Ferrari, é o quinto, enquanto Valtteri Bottas, da Williams, ficou em sexto. O russo Daniil Kvyat, da Red Bull, vem logo atrás, com o brasileiro Felipe Massa, da Williams, apenas na oitava colocação, com 1min23s537.

A lista dos dez primeiros colocados do grid do GP da Hungria é completado pelo holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, em nono lugar, e pelo francês Romain Grosjean, da Lotus, na décima colocação.

O espanhol Fernando Alonso até avançou para o Q2, mas uma pane na sua McLaren o levou a nem registrar voltas na segunda fase do treino de classificação. Ele até ajudou os fiscais a empurrarem o seu carro para os boxes, mas não teve condições de voltar para a pista a registrar voltas rápidas. Nessa etapa, além de Alonso, Nico Hulkenberg, Carlos Sainz Jr., Sergio Perez e Pastor Maldonado também foram eliminados.

A Sauber voltou a apresentar problemas para ser competitiva na Hungria no treino de classificação. Assim, seus dois pilotos foram eliminados logo na primeira fase da sessão, com Felipe Nasr ficando apenas em 18º lugar, duas posições atrás do inglês Jenson Button, da McLaren, e só a frente dos carros da Marussia. Os outros pilotos que não avançaram para o chamado Q2 foram Marcus Ericsson, Roberto Merhi e Will Stevens.

O GP da Hungria será disputado neste domingo a partir das 9 horas (horário de Brasília).

Confira como ficou o grid de largada:

1) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) - 1min22s020

2) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min22s595

3) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min22s739

4) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - 1min22s774

5) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min23s020

6) Valtteri Bottas (FIN/Williams) - 1min23s222

7) Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) - 1min23s332

8) Felipe Massa (BRA/Williams) - 1min23s537

9) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - 1min23s679

10) Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min24s181

11) Nico Hülkenberg (ALE/Force India) - 1min23s826

12) Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) - 1min23s869

13) Sergio Pérez (MEX/Force India) - 1min24s461

14) Pastor Maldonado (VEN/Lotus) - 1min24s609

15) Fernando Alonso (ESP/McLaren) - sem tempo no Q2

16) Jenson Button (GBR/McLaren) - 1min24s739

17) Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - 1min24s843

18) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - 1min24s997

19) Roberto Merhi (ESP/Marussia) - 1min27s416

20) Will Stevens (GBR/Marussia) - 1min27s949

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.