Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Hamilton confirma domínio da Mercedes e faz a pole para o GP da Espanha

Piloto inglês volta a fazer o melhor tempo no circuito da Catalunha; Bottas sairá em segundo e Vettel em terceiro

O Estado de S.Paulo

12 Maio 2018 | 11h46

A Mercedes confirmou neste sábado o domínio apresentado em todo o final de semana do GP da Espanha de Fórmula 1. Depois de ser mais rápida nos três treinos livres, a equipe manteve a supremacia e garantiu as duas primeiras colocações no grid. Melhor para o britânico Lewis Hamilton, pole com o tempo de 1min16s173, novo recorde do Circuito da Catalunha, nas proximidades de Barcelona. Já seu parceiro Valtteri Bottas veio em seguida, apenas 0s040 atrás.

Hamilton exalta equilíbri entre Mercedes, Ferrari e Red Bull

Vettel exibe empolgação com sua Ferrari: Tudo o que colocamos no carro funcionou

Mais notícias de esportes a motor

Vice-líder na temporada, apenas quatro pontos atrás de Hamilton, o alemão Sebastian Vettel marcou 1min16s305 e garantiu a terceira colocação. A segunda fila, aliás, será toda da Ferrari: o finlandês Kimi Räikkönen foi o quarto com 1min16s612. Já a Red Bull completa a terceira fila, com Max Verstappen em quinto e Daniel Ricciardo em sexto.

Campeão em 2017, Hamilton havia feito a melhor volta no treino livre deste sábado. O britânico também fora o mais rápido na segunda sessão de treino livre da sexta-feira, enquanto o seu companheiro finlandês liderara a primeira.

Hamilton chegou ao GP da Espanha embalado pela vitória na prova anterior, no Azerbaijão, um resultado que o colocou na liderança do Mundial. Agora, o britânico tenta emplacar a segunda vitória consecutiva na temporada e também na prova espanhola, em que triunfou no ano passado em um fim de semana perfeito, que também incluiu a pole position e a melhor volta.

A primeira parte da classificação deste sábado se iniciou com uma surpresa. Depois de ver as Mercedes dominarem os três treinos livres, a Ferrari reagiu e fez o melhor tempo, com Vettel. Max Verstappen fechou em segundo, seguido por Räikkönen e Ricciardo. Hamilton e Bottas, por sua vez, terminaram apenas em quinto e sexto.

Na parte inferior do grid, Hulkenberg, Ericsson, Sirotkin e Stroll fizeram os piores tempos e não avançaram ao Q2. Já Brendon Hartley, após sofrer um forte acidente no treino livre de sábado, não teve sua Toro Rosso recuperada em tempo e, assim, não participou da classificação. A expectativa, contudo, é de que o piloto neozelandês tenha condições de disputar a corrida de domingo.

E a supremacia da Ferrari permaneceu no Q2. Vettel novamente fez a volta mais rápida, seguido por Räikkönen. Já Bottas foi o terceiro e deixou Hamilton na quarta colocação. Vandoorne, Gasly, Ocon, Leclerc e Pérez, por sua vez, foram eliminados.

Mas, no Q3, a Mercedes retomou o domínio. Hamilton logo cravou o novo recorde da pista e assegurou a pole. Bottas até chegou perto, mas viu o britânico confirmar a primeira posição no grid.

A largada do GP da Espanha de Fórmula 1, a quinta etapa da atual temporada, será às 10h10 (de Brasília) deste domingo.


Confira o grid de largada para o GP da Espanha:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min16s173

2º - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min16s213

3º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min16s305

4º - Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1min16s612

5º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min16s816

6º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min16s818

7º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1min17s676

8º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min17s721

9º - Carlos Sainz Jr (ESP/Renault), 1min17s790

10º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min17s835

11.º - Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1min18s323

12.º - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min18s463

13.º - Esteban Ocon (FRA/Force India), 1min18s696

14.º - Charles Leclerc (MON/Sauber), 1min18s910

15.º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min19s098

16.º - Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1min18s923

17.º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min19s493

18.º - Lance Stroll (CAN/Williams), 1min20s225

19.º - Sergey Sirotkin (RUS/Williams), 1min19s695*

20.º - Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), sem tempo


*Punido com a perda de três posições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.