Hamilton critica proposta de motor padrão na Fórmula 1

Campeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton disse que a proposta de Max Mosley, líder da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), para que todas equipes utilizem o mesmo motor. Mosley sugere o uso de motores Cosworth a partir da temporada 2010 como parte das medidas para reduzir custos. O Conselho Mundial da FIA votará sobre as propostas na sexta-feira em Montecarlo. "Não creio que aconteça. A Fórmula 1 é um esporte de construtores e não haveria uma Fórmula 1 sem os construtores", disse o piloto da McLaren. "O que vão fazer? Não posso imaginar [a Fórmula 1] sem Ferrari, sem Mercedes Benz, sem Renault". Para Hamilton, a decisão atingiria a lógica da Fórmula 1. "Todas estas grandes companhias são o esporte, por isso há um campeonato de construtores e um campeonato de pilotos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.