Hamilton diz não se preocupar com Maldonado no grid

Pole position no GP de Cingapura, o inglês Lewis Hamilton afirmou neste sábado que não está preocupado por largar ao lado do venezuelano Pastor Maldonado, protagonista de diversas batidas na atual temporada da Fórmula 1.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2012 | 14h52

Diplomático, o piloto da McLaren preferiu parabenizar a Williams pelo bom resultado. "Estou feliz por ele. Ele se meteu em algumas confusões neste ano. Mas é um piloto muito talentoso. Claro que quero ir bem na largada. Se eu sair bem, acho que ficarei em uma boa situação", comentou.

Entre várias confusões neste ano, Maldonado chamou a atenção ao levar duas punições na mesma corrida, na Bélgica. Uma delas por queimar a largada. Acabou perdendo dez posições no grid da prova seguinte, na Itália.

Hamilton, porém, não deverá ter problemas com o rival. Ele se destacou ao faturar a pole com meio segundo de vantagem sobre os rivais. Sua maior preocupação está na quinta posição do grid. Fernando Alonso lidera o campeonato com 37 pontos de frente.

No domingo, Hamilton buscará a vitória e ainda vai torcer para que o espanhol não some pontos. "Com certeza vou tentar reduzir essa boa vantagem dele. Mas também terei dois bons rivais logo atrás de mim. Então, posso dizer que amanhã será um dia muito importante", disse o inglês, se referindo a Sebastian Vettel, 4º colocado no campeonato, e a Jenson Button, seu companheiro de McLaren.

Depois de obter o quarto lugar no grid, Jenson Button admitiu ter enfrentado dificuldades para conter o desgaste dos pneus. "Foi um dia complicado. Não me senti confortável no carro. A traseira estava com problemas e eu suei para evitar maior degradação dos pneus", afirmou.

Diante destas restrições, Button previu uma corrida "difícil para todos" no domingo. "Em compensação teremos bons pontos de ultrapassagem aqui. Largando do quarto lugar, eu espero pelo melhor, uma vitória, mas ainda não consegui alcançar o ritmo adequado nesta pista", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.