Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Hamilton diz que ficou emocionado após receber parabéns de antigo chefe pelo hexa

Após título mundial, piloto da Mercedes ganha cumprimentos de Ron Dennis, antigo comandante da McLaren

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

14 de novembro de 2019 | 16h35

O piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, contou nesta quinta-feira que recebeu centenas de mensagens e cumprimentos pela conquista do hexacampeonato mundial da Fórmula 1, mas um recado em especial o deixou mais emocionado. Durante entrevista coletiva no autódromo de Interlagos, onde disputa no domingo o GP do Brasil, o inglês revelou ter gostado muito de ser cumprimentado pelo ex-chefe da McLaren, Ron Dennis, responsável por ter lhe dado a primeira chance na categoria.

Hamilton garantiu o sexto título mundial na etapa anterior, nos Estados Unidos. A quinta conquista nas seis últimas temporadas fez o celular do piloto não parar de exibir notificações. "Realmente eu recebi muitas mensagens, muitas mesmo. Não consegui responder todas ainda. Acho que foram por volta de umas 400 desde o título", afirmou o piloto, que superou o companheiro de equipe Valtteri Bottas na disputa pelo campeonato.

"Ver a mensagem de Ron realmente me tocou. Eu o conheci quando tinha dez anos de idade. Ele viu algo em mim que ninguém mais viu, exceto meu pai. o Ron me deu uma grande oportunidade de mostrar a minha habilidade e de aprender a crescer também", disse. Hamilton entrou para o programa de talentos da McLaren quando ainda era adolescente e conquistou pela escuderia inglesa seu primeiro título mundial, em 2008.

Hamilton ressaltou ser muito grato ao dirigente. Ron trabalhou na McLaren durante quase 40 anos, até se afastar definitivamente em 2017, ao vender as últimas ações de que era dono. "Sem ele, talvez eu nem tivesse tido chance na Fórmula 1. Ele me ajudou no início. Teria sido difícil contra outros que tinham mais dinheiro. Por isso, serei sempre grato e sempre terei carinho por ele", afirmou.

O campeão mundial de 2019 tentará a terceira vitória em Interlagos. O piloto da Mercedes venceu a etapa brasileira em 2016 e 2018. No autódromo, o inglês comemorou o primeiro título na carreira, em 2008, justamente pela McLaren de Ron Dennis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.