Hamilton diz que GP de Mônaco não permite erros

Piloto inglês precisa somar pontos para continuar na disputa pelo título da atual temporada

EFE

16 de maio de 2008 | 13h50

O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, disse que o circuito de rua de Monte Carlo, palco do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, não permite erros."A palavra para definir este grande prêmio é imprevisível, literalmente qualquer coisa pode ocorrer. Não há margem para o erro durante todo o fim de semana", afirmou o inglês em declarações divulgadas no site de sua escuderia."Você dirige no limite o tempo todo e não há retas para poder pensar. Para andar rápido é preciso usar cada centímetro da pista, o que inclui tocar os guardrails algumas vezes. A prova de Mônaco é a minha favorita, aquela que todos os pilotos querem ganhar", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.