Hamilton diz que não acreditava na pole e pede atenção com evolução da Ferrari

A definição da pole position do GP da Áustria de Fórmula 1, que acontece neste domingo a partir das 9h de Brasília, foi marcada por muita emoção na disputa dos pilotos da Mercedes e por rodadas no momento de cravar o tempo para a corrida. Para o bicampeão do mundo, Lewis Hamilton, a pole foi um prêmio pela persistência e pela confiança em seu carro, mesmo quando ele achava que tinha perdido a posição para seu companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg.

Estadão Conteúdo

20 de junho de 2015 | 15h01

"Eu tentei manter o carro na pista e me preocupei com o estado do carro (após a rodada). Obviamente, acabei ficando para trás e tentei buscar posições mais à frente. Mas, naturalmente, pouco tempo depois eu pensei: provavelmente eu perdi (a pole) lá", declarou o piloto britânico na coletiva após o treino classificatório. "Sou muito sortudo em ter um grande carro, pelos últimos dois anos, que me possibilita conquistar as poles", completou Hamilton.

Os segundos finais do Q3 foram decisivos, quando Lewis Hamilton lutava para melhorar seu tempo, mas rodou e saiu da pista. Mas ele contou com a rodada de Rosberg para cravar a pole. Mesmo com erros de seus dois pilotos, a Mercedes manteve o domínio sobre os rivais e terá seus carros na primeira fila para o GP da Áustria neste domingo. Hamilton cravou o melhor tempo, com 1min08s455, com o companheiro de equipe, Nico Rosberg, na segunda colocação. Sebastian Vettel, que teve ótimo desempenho nos treinos livres, largará em 3º na Áustria.

Sobre as condições para a prova deste domingo em Spielberg, Hamilton acredita que a Ferrari evoluiu muito e sua equipe precisa trabalhar muito bem para conquistar a vitória. "A Ferrari realmente mostrou um grande ritmo para este domingo. Vai ser uma corrida difícil. Cada fração de tempo contará."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.