Hamilton diz que não quer vencer campeonato no 'tapetão'

McLaren quer recorrer sobre título de Raikonnen, mas seu piloto afirma que quer ser campeão 'na pista'

22 de outubro de 2007 | 17h53

Apesar da McLaren estar disposta a recorrer sobre o fato do Mundial de Fórmula 1 ter ficado com o finlandês Kimi Raikkonen - vencido no domingo, no GP do Brasil -, Lewis Hamilton, que foi o grande 'perdedor' da temporada, deixou claro que deseja ser conquistar seu primeiro título nas pistas, e não nos tribunais. "Quero ser campeão na pista!, enfatizou o inglês, um dia depois de ter deixado o título escapar em Interlagos.   Veja também:   Dê uma volta pelo Circuito de Interlagos  Classificação do Mundial  Com título, Raikkonen acaba com a fama de azarado  Título de Raikkonen marca temporada cheia de reviravoltas  A vitória e o título de Raikkonen  Crônica e classificação do GP do Brasil   "Por mim, ganharia na pista. Quero ser campeão com estilo, vencendo corridas", insistiu Hamilton. "Desta maneira não quero ser campeão", acrescentou se referindo ao recurso que a McLaren quer impetrar para que seu piloto seja o campeão desta temporada, baseada no fato de que os carros de Nico Rosberg (Williams), Nick Heidfeld e Robert Kubica (ambos da BMW) tinham a temperatura do combustível estava mais de 10ºC abaixo da temperatura ambiente.

Tudo o que sabemos sobre:
fórmula 1HamiltonMcLarenrecurso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.