Hamilton diz que vai correr pensando no campeonato

Os erros no fim da temporada 2007 parecem ter servido de lição para o inglês Lewis Hamilton na Fórmula 1. Líder do Mundial deste ano, o piloto da McLaren já adota um discurso conservador para as seis provas que restam no campeonato."É claro que eu quero vencer sempre, mas aprendi que às vezes é melhor marcar o maior número de pontos possível, e manter-se na disputa. Meu objetivo é ser campeão e não dá para conseguir isso envolvendo-se em acidentes e cometendo erros", afirmou o piloto.No ano passado, Hamilton chegou à penúltima corrida do campeonato com 12 pontos de vantagem sobre Fernando Alonso, seu companheiro na McLaren, e com 17 a mais que Kimi Raikkonen. Mas uma série de erros fez o estreante terminar o Mundial na segunda posição, a um ponto de Raikkonen, e empatado com Alonso.Neste ano, o inglês tem 70 pontos, seis a mais que Felipe Massa, seu perseguidor mais próximo. Em Valência, no domingo, Hamilton foi o segundo colocado sem incomodar o brasileiro, que venceu sem dificuldades. "Marcamos pontos muito úteis em Valência, apesar de Felipe ter diminuído a diferença. Estou mais forte mentalmente para lidar com esse tipo de situação. E mais relaxado também. Agora penso em longo prazo", afirmou o piloto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.