Hamilton diz que vitória foi resposta aos críticos

O inglês Lewis Hamilton foi alvo de críticas nesta temporada por se envolver em vários acidentes, mas conseguiu dar a volta por cima no domingo, quando venceu o GP da Alemanha, no circuito de Nurburgring, com um desempenho consistente e sem erros graves. E o piloto da McLaren admitiu que sua atuação foi uma resposta aos críticos. "Você sabe que meu pai sempre me disse que o único lugar para dar uma resposta deve ser a pista. E se você tem um resultado como este, responde tudo, não é?", disse.

AE, Agência Estado

25 de julho de 2011 | 14h01

Apesar de estar satisfeito com o seu desempenho, Hamilton não demonstra qualquer traço de euforia para o GP da Hungria, que será disputado no próximo domingo. O piloto inglês lembrou que a Red Bull dominou a prova em 2010, vencida por Mark Webber. Além disso, ressaltou que sob forte calor, como deverá ser disputada a corrida do próximo domingo, a McLaren tem dificuldades para acompanhar o ritmo de Ferrari e Red Bull, como aconteceu no GP da Europa, realizado em Valência.

"Se você olhar para os resultados do ano passado a Red Bull ficou anos-luz à frente de todos. E se você voltar um mês para Valência, a Red Bull e a Ferrari foram muito rápidas nas condições de calor, por isso espero que eles façam o mesmo na Hungria. Mas acredito que vamos tentar melhorar. Teremos pequenas melhorias lá. Mas vamos esperar para ver. Talvez a gente chegue lá e seja rápido. Talvez tenhamos condições amenas que funcionam perfeitamente para nós", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Lewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.