Eugene Hoshiko/AP
Eugene Hoshiko/AP

Hamilton e Button se dizem ansiosos por volta da temporada da Fórmula 1

Pilotos, que estão na briga pelo Mundial, querem voltar logo às pistas no dia 2 de setembro

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2012 | 14h05

Após mais de um mês de intervalo, a Fórmula 1 voltará à ativa no próximo dia 2 de setembro, com o GP da Bélgica. A corrida acontecerá no tradicional circuito de Spa Francorchamps, elogiado por Lewis Hamilton e Jenson Button. Os pilotos da McLaren, aliás, não esconderam a ansiedade em competir novamente.

"Eu realmente não poderia estar mais feliz que a temporada vai voltar a ser disputada novamente na Bélgica", declarou Hamilton. "As últimas semanas foram uma combinação perfeita de tempo para relaxar e alguns bons treinamentos, que me deixaram bastante ansioso para voltar a pilotar o carro", concordou Button.

Da última vez que os pilotos estiveram na pista, Hamilton teve mais motivos para comemorar. Ele venceu o GP da Hungria, disputado no dia 29 de julho, e pôde descansar mais tranquilamente ao longo desta paralisação.

"Minha vitória na Hungria foi uma maneira fantástica de ir para a paralisação. Teve o bônus de poder mandar toda a equipe para suas férias com um sentimento positivo em seus corações. Ainda me deu a esperança e a segurança de que vou poder voltar para as últimas nove provas da temporada com chances reais de título", comemorou o piloto, que tem 117 pontos e está na quarta colocação do Mundial, 47 pontos atrás do líder Fernando Alonso.

Já Button se apega aos resultados do ano passado para projetar uma volta positiva. Em 2011, ele conquistou a terceira colocação na Bélgica e foi segundo na Itália, etapa seguinte no calendário da Fórmula 1, que acontecerá no dia 9 de setembro.

"Acho que não poderia pedir por uma sequência mais espetacular no retorno da Fórmula 1. Spa é o circuito pai de todos, uma das melhores pistas. E Monza é uma das mais históricas", comentou. "Tenho grandes memórias de ambos os circuitos, mesmo sem ter vencido nenhum deles".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.