Andrew Yates/Reuters
Andrew Yates/Reuters

Hamilton é o mais rápido no primeiro treino livre para o GP da Inglaterra

Piloto da Mercedes atua 'em casa' e fica quase 4 décimos abaixo do companheiro de equipe Valtteri Bottas

Estadão Conteúdo

06 Julho 2018 | 08h06

Em busca de uma resposta rápida após perder a liderança do Mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton começou bem o fim de semana do GP da Inglaterra. O piloto da Mercedes aproveitou o fato de correr em casa para terminar como o mais rápido da primeira sessão de treinos livres, nesta sexta-feira.

+ Após vencer na Áustria, Verstappen é pessimista quanto a Silverstone

Hamilton dominou a maior parte da atividade e terminou na frente com certa tranquilidade. Ele registrou o tempo de 1min27s487, quase quatro décimos à frente do finlandês Valtteri Bottas, que fez a festa da Mercedes ser completa ao ficar em segundo, com 1min27s854.

Trata-se de boa notícia para uma equipe que viveu fim de semana para esquecer na semana passada. No GP da Áustria, em Spielberg, tanto Hamilton quando Bottas sofreram com problemas no carro e precisaram abandonar. Melhor para o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que chegou em terceiro e assumiu a liderança da temporada.

Neste primeiro teste no tradicional Circuito de Silverstone, porém, Vettel ficou atrás da Mercedes, na terceira colocação, com o tempo de 1min27998. Seu companheiro de Ferrari, Kimi Raikkonen foi o quinto, com 1min28s218.

Vencedor da etapa da Áustria, o holandês Max Verstappen terminou somente na sexta posição, com 1min28s325. Seu colega de Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo foi o quarto, com 1min28s444. Romain Grosjean, Sergio Pérez, Esteban Ocon e Lance Stroll, respectivamente, completaram as dez primeiros posições.

Apesar da liderança tranquila de Hamilton, o treino desta manhã teve emoção, principalmente quando, a 29 minutos para o fim, Grosjean perdeu controle do carro na curva e se chocou fortemente com a proteção de pneus. Ele não sofreu ferimentos e deixou o carro caminhando. Depois, Raikkonen seguiu seu exemplo ao também sair da pista, mas se recuperou e seguiu na atividade.

Vettel chega para o fim de semana como líder da temporada, com 146 pontos, um à frente de Hamilton. Raikkonen, 101, Ricciardo, 96, Verstappen, 93, e Bottas, 92, completam os seis primeiros. O GP da Inglaterra é o décimo dos 21 previstos no calendário de 2018 da Fórmula 1.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Lewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.