Hamilton é pole na China, e Massa sai em terceiro lugar

Inglês confirma o melhor momento da McLaren e sai na frente na penúltima corrida do Mundial de F-1

Redação,

18 de outubro de 2008 | 04h08

Lewis Hamilton confirmou a grande fase e deu um passo importante para conquistar o título da temporada 2008 da Fórmula 1 ao garantir a pole position do GP da China, em Xangai, cuja largada acontece na madrugada deste domingo às 5 horas (de Brasília), com 56 voltas. Felipe Massa ficou perto: sai em terceiro lugar. Na corrida, pelo menos deverá ter a ajuda do companheiro de Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen, que larga na segunda posição. Massa divide a segunda fila com Fernando Alonso, da Renault, que fez o quarto melhor tempo.Veja também: Classificação do Mundial de 2008 Blog do Livio: informações direto de Xangai Massa, preocupado, torce por melhora na corrida Barrichello satisfeito por ter passado para segunda sessão Para Hamilton, GP da China ainda não é a decisão da F-1  Alonso explica declaração de que ajudaria Massa  Heidfeld e Webber perdem posições no grid do GP da ChinaO duelo entre os dois primeiros colocados no campeonato foi acirrado no treino. Na primeira parte da classificação, Hamilton foi o primeiro colocado e Massa o segundo. Já na segunda, a situação foi melhor para o brasileiro até segundos após a bandeirada: o inglês subiu do quinto lugar para a ponta, novamente sendo mais rápido, com 1min34s947, o menor tempo do fim de semana. E a primeira posição foi garantida também na última volta, no último período de disputa.Nas duas sessões, o brasileiro usou pneus duros e macios, ao contrário do inglês, em ambos com o pneu mais duros - de menor desgaste na pista chinesa, mas menos aderentes. No último, os dois pilotos marcaram seus tempos com o pneu macio. Já Robert Kubica (BMW-Sauber), o terceiro colocado no Mundial e com poucas chances de título, decepcionou a todos. Não passou da segunda sessão, larga em 11.º lugar e terá, além de tentar uma estratégia ousada na corrida, contar com alguma ajuda para manter o sonho de ser campeão mundial.MARQUE AÍ Agora, a conta que Massa faz para adiar a definição do título é: precisará chegar, na pior das hipóteses em quarto lugar caso Hamilton ganhe a corrida. Se o inglês for o segundo colocado, ele precisará ser sexto colocado. E caso o piloto da McLaren seja o terceiro, o brasileiro precisará ser oitavo colocado pelo menos. Em caso de Hamilton ser quarto ou pior posição, a decisão do título fica para o GP do Brasil (em 2 de novembro).COMPLEMENTO Os outros brasileiros foram regulares. Rubens Barrichello (Honda) pelo menos chegou à segunda sessão e larga em 13.º lugar. Já Nelsinho Piquet (Renault) está mais à frente, em 10.º - ficou fora da sessão final por apenas 92 centésimos. Por outro lado, Mark Webber, da Red Bull, trocou o motor e sai dez posições atrás do que poderia, pois tem de pagar a penalização: 16.º lugar. GRID DE LARGADA 1.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min36s3032.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1 min36s6453.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min36s8894.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min36s9275.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min36s9306.º - Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso), 1min37s6857.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min37s9348.º - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min38s8859.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW-Sauber), 1min37s201**10.º - Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min35s72211.º - Robert Kubica (POL/BMW-Sauber), 1min35s81412.º - Timo Glock (ALE/Toyota), 1min35s937 13.º - Rubens Barrichello (BRA/Honda), 1min36s07914.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min36s21015.º - David Coulthard (ESC/Red Bull), 1min36s73116.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min37s083*17.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min36s86318.º - Jenson Button (ING/Honda), 1min37s05319.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min37s73020.º - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min37s739Obs.: *perdeu dez posições por trocar o motor; melhores tempos da última sessão que o piloto participou.**perdeu duas posições por atrapalhar David Coulthard na classificação(Atualizada às 11h16) 

Tudo o que sabemos sobre:
F-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.