Diego Azubel/ EFE
Diego Azubel/ EFE

Hamilton elogia Rosberg e prevê novo duelo interno no Japão

Companheiros de Mercedes largam na primeira fila em Suzuka

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2015 | 11h29

Depois de uma performance abaixo do esperado em Cingapura, os carros da Mercedes voltarão a duelar na Fórmula 1, neste fim de semana. Lewis Hamilton e Nico Rosberg vão se enfrentar na primeira fila do grid do GP do Japão, neste domingo, e o piloto inglês prevê uma boa batalha.

"Eu curti o duelo com Nico hoje. Ele fez um grande trabalho e foi uma briga empolgante. Esta é uma pista na qual estamos sempre lutando para ganhar mais e mais tempo", disse o líder do campeonato, que poderá se colocar em posição muito favorável se vencer a prova de domingo. Ele tem atualmente 41 pontos de vantagem sobre Rosberg, faltando seis corridas para o fim da temporada.

Para ampliar esta vantagem, terá que superar o alemão, que vai largar pouco a sua frente. Hamilton lamenta não ter podido buscar a pole position. Ele acredita que poderia acirrar ainda mais a briga caso o russo Daniil Kvyat não tivesse sofrido acidente nos segundos finais do treino. O capotamento da Red Bull antecipou o fim da sessão, quando o inglês iniciava nova volta rápida.

"Eu comecei a última volta muito bem e estava lá pela curva 7 quando o treino foi paralisado. Na primeira volta, do Q3, não fui muito bem. Mas o importante é que Daniil saiu sozinho do carro e está bem depois de um acidente feio como esse", comentou Hamilton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.