Hamilton espera evolução da Mercedes na classificação

O inglês Lewis Hamilton foi o mais rápido no primeiro treino livre desta sexta-feira, mas acabou com o quarto melhor tempo do dia, atrás do seu companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, e dos dois carros da Red Bull - o alemão Sebastian Vettel ficou na liderança, seguido pelo australiano Mark Webber. Por isso mesmo, ele disse esperar evolução no carro da equipe para a sessão de classificação neste sábado, que definirá o grid de largada do GP de Cingapura de Fórmula 1.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2013 | 16h53

"Não foi um dia perfeito para a gente, temos que mostrar evolução para amanhã (sábado). O balanço do carro estava realmente bom no primeiro treino, mas definitivamente foi embora no segundo", contou Hamilton, que ressaltou a importância de largar na frente em Cingapura. "É tão difícil ultrapassar neste circuito que você precisa se classificar na melhor posição possível e, de preferência, ficar na primeira fila, mas será difícil", completou o piloto, consciente da força da Red Bull.

Assim como Hamilton, Rosberg admitiu que o carro precisa melhorar para o treino de classificação, sob o risco da Mercedes ficar novamente atrás da Red Bull, assim como já aconteceu nesta sexta-feira em Cingapura. "O nosso dia foi razoável, mas ainda temos muito trabalho pela frente, já que nossos adversários mostraram estar muito rápidos novamente", avaliou o piloto alemão.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1MercedesHamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.