Hamilton exalta equipe, mas cobra recuperação na Índia

Dono de cinco pódios na temporada, com quatro terceiras posições e uma vitória, na Hungria, Lewis Hamilton amargou alguns momentos difíceis nas últimas provas. Em especial no GP do Japão, no último dia 13, no qual foi obrigado a abandonar a prova. Apesar de exaltar o trabalho da Mercedes e o carro que pilota, o inglês foi firme ao cobrar evolução para o GP da Índia deste domingo.

AE, Agência Estado

22 de outubro de 2013 | 13h40

"Estamos esperando um bom final de semana, depois de algumas corridas difíceis, e sei que todos têm trabalhado muito duro para ter certeza de que podemos tirar o melhor desempenho possível do carro nessas últimas quatro provas. Sabemos que temos um bom carro e, se conseguirmos um bom final de semana, teremos o potencial para conquistar bons resultados antes do fim da temporada", disse.

E o piloto espera essa recuperação em um palco que diz ser especial para ele. Hamilton não escondeu o carinho pela prova na Índia e pelos fãs locais. "Eu realmente gostei das minhas duas visitas à Índia até agora. É um país vibrante, e o apoio que recebemos dos fãs é fantástico. Eles amam o esporte e o conhecimento que alguns fãs que encontrei têm sobre Fórmula 1 é ótimo de ver", comentou.

Companheiro de Hamilton na Mercedes, Nico Rosberg concordou no que diz respeito ao conhecimento dos fãs indianos sobre Fórmula 1. "Os torcedores indianos são muito apaixonados e incrivelmente conhecedores do nosso esporte. Espero que eles se divirtam e que possam proporcionar um bom apoio para nossa equipe."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da ÍndiaLewis Hamilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.