Ronald Zak/AP
Ronald Zak/AP

Hamilton lamenta erro que custou pole, mas se diz feliz por dobradinha

Piloto inglês largará em segundo no GP da Áustria, atrás do companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas

Estadão Conteúdo

30 Junho 2018 | 19h27

O piloto inglês Lewis Hamilton lamentou os erros na última volta do treino classificatório que impediram que ele conquistasse a pole position do GP da Áustria de Fórmula 1. Apesar das falhas, ele disse estar feliz com o segundo lugar que deu à Mercedes a "dobradinha" no grid do circuito de Spielberg.

+ Bottas repete 2017, supera Hamilton e garante a pole no GP da Áustria

+ Vettel perde 3 posições no grid e largará em 6º no GP da Áustria

+ Leia mais notícias sobre automobilismo

"Eu acho que errei no fim da minha última volta. Quando você não tem uma primeira volta competitiva, você parte do zero na segunda. Sempre é bom ter uma primeira boa porque você tenta melhorar em cima disso", disse. "Mas estou muito feliz com o segundo lugar e também pelo resultado da equipe, a dobradinha com Valtteri em primeiro", acrescentou o piloto.

Conquistada com recorde, a pole foi a primeira de Valtteri Bottas na atual temporada. Hamilton, que lidera o Mundial de Pilotos, com 145 pontos, à frente de Sebastian Vettel, que tem 131, elogiou o desempenho do companheiro, que é o quarto colocado no campeonato, e destacou a disputa acirrada entre os dois pela primeira posição.

"Parabéns ao Valtteri. Ele fez uma volta fantástica. O fim de semana estava indo bem e o ritmo estava bom ao longo da classificação. Estava claro que seria muito acirrado entre nós", destacou o tetracampeão mundial.

A largada da corrida será neste domingo, às 10h10 (de Brasília). O GP da Áustria é a nona etapa da temporada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.