HANS KLAUS TECHT/EFE
HANS KLAUS TECHT/EFE

Hamilton lamenta início ruim e admite Rosberg superior na Áustria

Inglês chegou na segunda posição no grande prêmio deste domingo

Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 14h58

Depois de cravar a pole para o GP da Áustria, Lewis Hamilton decepcionou na prova deste domingo e, depois de um início bem abaixo do esperado, caiu para a segunda colocação, na qual ficou até a bandeirada final. Decepcionado com o resultado, o inglês garantiu que teve problemas em sua Mercedes ao ser ultrapassado por Nico Rosberg logo na primeira curva.

"Foi uma corrida bem veloz. Eu não tive o melhor início, tive um problema com a rotação do motor e quando saí da pressão a rotação continuou. Então, quando soltei a embreagem, eu tinha muito giro em falso nos pneus e perdi terreno. É algo que precisamos analisar depois da corrida", disse.

Apesar de lamentar os problemas técnicos, Hamilton admitiu a superioridade de Rosberg, principalmente na segunda parte da corrida, quando ele cometeu um erro na saída dos boxes e foi penalizado com cinco segundos, enquanto seu companheiro liderava a prova com extrema tranquilidade.

"Eu até consegui me manter próximo ao Nico em um primeiro momento, mas na segunda fase ele simplesmente tinha um melhor carro. No fim, só tive que trazer o carro para casa, mas o Nico mereceu a vitória, então parabéns a ele", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.