Hamilton lamenta punição e prevê 'grande desafio'

O inglês Lewis Hamilton largará apenas da nona colocação do grid do GP do Bahrein de Fórmula 1, neste domingo, depois de ter amargado um sábado um pouco decepcionante no circuito de Sakhir. Na pista, ele foi o quarto mais veloz do treino de classificação, mas acabou punido com a perda de cinco posições por ter trocado o câmbio de sua Mercedes.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2013 | 17h25

"Não foi o melhor dos dias para mim, mas dou os parabéns ao Nico (Rosberg, seu companheiro de equipe, que cravou a pole)", afirmou Hamilton, para depois projetar uma corrida complicada neste domingo. "Eu não conseguia encontrar um bom ritmo hoje (sábado) e, com a perda de cinco posições no grid por conta da mudança da caixa de câmbio, teremos um grande desafio pela frente amanhã, partindo do nono lugar", completou.

O inglês, entretanto, se conformou com o problema que o fará largar atrás dos líderes e apontou a utilização certa dos pneus como a chave para ter maiores possibilidades de alcançar uma boa posição na prova do Bahrein.

"Essas coisas acontecem e vou tentar fazer o meu melhor amanhã (domingo). E a melhor chance de ganhar posições está no início e depois vamos ver como as coisas acontecem. O desgaste de pneus será um fator de grande importância na corrida, que será muito interessante", destacou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.